NOTICIAS

Projeto Medalha avalia rendimento de mais de 30 atletas da UFMS

O Projeto Medalha realizou avaliações em atletas do estado no último sábado (21), nas quadras da Cidade Universitária.  Foram avaliados 37 atletas da UFMS e participantes do Bolsa Atleta. Compareceram representantes das modalidades de voleibol, handball, basquete, judô, natação, atletismo e ciclismo.

por Gabrielle Tavares Rodrigues Publicado em 27/09/2019 16:02

O Projeto Medalha realizou avaliações em atletas do estado no último sábado (21), nas quadras da Cidade Universitária.  Foram avaliados 37 atletas da UFMS e participantes do Bolsa Atleta. Compareceram representantes das modalidades de voleibol, handball, basquete, judô, natação, atletismo e ciclismo.

A avaliação foi feita em duas etapas. Na primeira, foram aplicados questionários sobre perfil sociodemográfico e psicológico, para detectar alterações que atrapalhariam os rendimentos. Em seguida, os atletas foram encaminhados para realizar testes antropométricos, como dobra cutânea, circunferência, peso, altura, cálculo de percentual de gordura e massa muscular; e físicos, como resistência, velocidade, potência, força, flexibilidade e agilidade.

Por fim, foram liberados para consultas com nutricionistas para prescrição de dietas, atendimento fisioterapêutico caso houvesse necessidade, consulta odontológica para triagem bucal e encaminhamento de tratamento, e testes cardiopulmonares.

O Projeto Medalha teve início na UFMS em 2017. Coordenado pela professora Cristiane Coelho em parceria com o IFMS e apoio da Fundesporte, o projeto de pesquisa e extensão é voltado para alunos da UFMS e atletas de alto rendimento de Mato Grosso do Sul, a partir dos 12 anos. O objetivo é prestar assistência multiprofissional aos atletas, para que eles consigam melhorar o potencial físico e emocional.

Participam do projeto professores, alunos de ensino médio, graduação e pós-graduação, nas áreas de Educação Física, Nutrição, Fisioterapia, Odontologia, Medicina e Psicologia. Os alunos do IFMS, sob coordenação de professores, desenvolvem tecnologias para serem aplicadas no esporte. Eles já produziram um sistema eletrônico onde os atletas fazem avaliações e recebem laudos, um sistema para calcular a altura do salto de um atleta e o site do projeto.

JEJ Blumenau: Judô sul-mato-grossense encerra participação com mais duas medalhas

O judô de Mato Grosso do Sul fechou o último dia de disputas nos tatames com mais duas medalhas nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) – Etapa Nacional, em Blumenau-SC. Ao todo, foram 12 condecorações obtidas pelos judocas, das quais quatro foram de ouro, duas de prata e seis de bronze.

por P. Paiva Publicado em 24/11/19 18:38

O judô de Mato Grosso do Sul fechou o último dia de disputas nos tatames com mais duas medalhas nos Jogos Escolares da Juventude (JEJ) – Etapa Nacional, em Blumenau-SC. Ao todo, foram 12 condecorações obtidas pelos judocas, das quais quatro foram de ouro, duas de prata e seis de bronze. O número neste ano ultrapassa o recorde, de oito medalhas, da edição anterior da maior competição desportiva escolar do Brasil, realizada em Natal-RN. Os judocas foram comandados pelos técnicos Alessandro Nascimento, Clayton Rojas e Alexandre Cano. O plantel de atletas da arte marcial, assim como todos os de outras modalidades, recebe apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte). Nesta quarta-feira (20.11), Karla Oliveira, da Escola Estadual Orcírio Thiago de Oliveira, de Campo Grande, levou a prata na categoria pesado (acima de 70 quilos). A sul-mato-grossense foi superada na final por Beatriz Freitas, de São Paulo. No masculino, Kaique Dantas Pires, Escola Estadual Flavina Maria da Silva, também da capital, ficou com o bronze, na pesado (acima de 90 quilos). O judoca de Campo Grande foi eliminado pelo sergipano Vinicius Abreu. A competição no município catarinense também contou com a atuação do árbitro sul-mato-grossense Raul Andrade Neto. “É o resultado de um trabalho que busca a excelência em todos os setores desde dirigentes, árbitros, professores e atletas. Isso mais uma vez comprova a tradição que o judô de Mato Grosso do Sul tem em conquistar medalhas nos Jogos Escolares, eventos nacionais e internacionais”, destacou a Federação de Judô de Mato Grosso do Sul (FJMS) em nota. O torneio em Blumenau prossegue com o atletismo, badminton, voleibol e futsal no Bloco 2, segundo divisão do Comitê Olímpico do Brasil (Cob). A delegação de Mato Grosso do Sul nas quatro modalidades citadas embarcou na manhã desta quarta-feira (20.11) e chega hoje na cidade-sede dos JEJ. A terceira etapa será de 26 a 30 de novembro, com disputas no ciclismo, ginástica rítmica, natação, vôlei de praia, tênis de mesa e xadrez.

Atletas agora podem usar milhas aéreas de políticos; proposta de Salineiro virou lei

Foi sancionada nesta terça-feira (18) a Lei 6.225 para que milhas aéreas de políticos e servidores públicos sejam usadas exclusivamente em viagens a trabalho e também por atletas de Campo Grande. A inclusão dos atletas na lei foi uma proposta do vereador André Salineiro, que já tem outros projetos na área do esporte.

por Caroline Maldonado Publicado em 20/06/19 01:31

Foi sancionada nesta terça-feira (18) a Lei 6.225 para que milhas aéreas de políticos e servidores públicos sejam usadas exclusivamente em viagens a trabalho e também por atletas de Campo Grande. A inclusão dos atletas na lei foi uma proposta do vereador André Salineiro, que já tem outros projetos na área do esporte. Segundo Salineiro, a utilização das milhas em viagens oficiais economiza o dinheiro público. “Além disso, nada mais justo que nossos atletas tenham direito a utilizá-las, porque levam o nome da nossa cidade nas competições e fomentam o esporte, que é um viés tão importante da educação entre crianças e jovens. Eles são merecedores desse e de outros tipos de apoio que estamos lutando para que virem lei na Capital”, comentou Salineiro sobre o projeto apresentado em co-autoria com os vereadores João César Mattogrosso, Eduardo Romero e Delegado Wellington. DESCONTO E PATROCÍNIO Também deve virar lei, em breve, o projeto que prevê desconto em impostos municipais às pessoas físicas e empresas que patrocinarem atletas, com transporte, hospedagem e confecção de uniforme. A Prefeitura aprovou a ideia proposta pelo vereador Salineiro e criou um grupo de trabalho para realizar estudos de viabilidade e análise da proposta. Agora, o projeto aguarda o aval da Secretaria de Finanças para ser apresentado e ir à votação entre os vereadores. ARTES MARCIAIS Salineiro é autor da lei que institui o programa “Artes Marciais na Escola”. A Lei 6.012/18 prevê a inserção de forma transversal no currículo escolar. O vereador também participou da elaboração da Lei 6.038 para isenção na utilização de espaços públicos por associações atléticas acadêmicas ou ligas desportivas universitárias. LEIS SANCIONADAS Salineiro apresentou 78 projetos e 37 já viraram lei. Clique aqui para ver todos. Acompanhe o vereador de Campo Grande nas redes sociais Instagram: @andresalineiro, no Facebook: Salineiro Policial Federal e Twitter @andresalineiro Os projetos abrangem desconto e parcelamento de impostos para moradores e empresários, causa animal, incentivo ao esporte e patrocínio de atletas, igualdade de gênero e valorização da mulher, segurança pública, desburocratização do serviço público, direito das pessoas idosas e com deficiência, educação, inclusão social, combate à corrupção, ressocialização e sustentabilidade, entre outros.

Atleta do Projeto Medalha é terceiro colocado no Campeonato Estadual de voleibol

No último sábado (19), Campo Grande recebeu a terceira etapa do campeonato estadual do Mato Grosso do Sul, com 23 duplas entre homens e mulheres. O atleta Welligton Ferreira da Silva ocupou a terceira colocação, atualmente, o atleta é atendido pelo Projeto Medalha desde 2018, onde recebe apoio de profissionais das áreas de educação física, nutrição, odontologia, psicologia e demais áreas.

por Maycon Felipe Mota Publicado em 18/08/2019 21:56

No último sábado (19), Campo Grande recebeu a terceira etapa do campeonato estadual do Mato Grosso do Sul, com 23 duplas entre homens e mulheres. O atleta Welligton Ferreira da Silva ocupou a terceira colocação, atualmente, o atleta é atendido pelo Projeto Medalha desde 2018, onde recebe apoio de profissionais das áreas de educação física, nutrição, odontologia, psicologia e demais áreas.

Projeto Medalha inicia 2019 avaliando a equipe Firebikers Team.

Neste último sábado(16), o Projeto Medalha iniciou oficialmente o ano com sua primeira coleta, com muito ânimo e energia, a equipe Firebikers Team foi a primeira a ser avaliada.

por Maycon Felipe Mota Publicado em 18/03/19 04:37

Neste último sábado(16), o Projeto Medalha iniciou oficialmente o ano com sua primeira coleta, com muito ânimo e energia, a equipe Firebikers Team foi a primeira a ser avaliada. A avaliação iniciou por volta das 07 horas da manhã no Ginásio Moreninho, localizado na Universidade Federal do Sul(UFMS), em Campo Grande. A partir deste momento, a equipe será acompanhada por profissionais do Projeto Medalha. O nosso time agradece a confiança, e energia que foram passadas a nós. Acompanhe o depoimento do coordenador do grupo:

Eu sempre vi esse Projeto Medalha como algo fundamental para o desenvolvimento do esporte no nosso estado pois acrescenta uma referência objetiva e técnica que permite acompanhar o desenvolvimento do atleta. As dificuldades nas questões técnica e financeira são óbvias e muito claras no desenvolvimento da atividade esportiva voltada para competição porém repito novamente que um atleta precisa ser formado, uma revelação só é 'revelada' se houver condições para tal, senão será apenas mais um talento que 'poderia estar nas cabeças'. Sempre encarei como um dos objetivos principais do Fire a criação (ou pelo menos o passo inicial na criação) de melhores condições para descobrimos e formarmos os verdadeiros atletas que irão representar nosso estado, nosso país e, porque não, nós mesmos pelo trabalho que realizarmos agora.

Ótimo ideais sempre atraem ótimas pessoas e tenho a certeza de que nossos ideais são bons o suficiente, pois desde o ano passado vejo uma grande afluência de pessoas do bem para o Fire. E isso é a matéria prima principal para se moldar um atleta bom de verdade, pois antes de se tornar um ótimo atleta é necessário ser uma ótima pessoa e um ótimo cidadão. Princípios básicos como respeito (aos pais, regras, colegas, adversários, hierarquia, saber que ninguém cresce sozinho, etc), educação (cordialidade, saber se portar em grupo, etc) e comprometimento (foco, saber que resultados só vêm a partir de treino/estudo/esforço, etc) deverão sempre vir antes da força física ou do resultado (esportivo ou financeiro).

Com o apoio do Projeto Medalha temos a referência de melhoria de performance mas conto a ajuda de todos para estabelecermos uma referência de melhoria de valores fundamentais para os iniciantes no esporte, futuros atletas e futuros cidadãos.

Inauguração do mestrado Ciências do Movimento da UFMS.

Foi realizada hoje a aula inaugural do programa de Pós-graduação em ciências do movimento da UFMS. Alunos de graduação, alunos ingressantes, tecnicos e docentes celebram essa união entre fisioterapia e educação física em prol do desenvolvimento científico do estado. Esse é o único curso de mestrado na área 21 em MS. Felizes e orgulhosos, convidamos todos a conhecer o programa.

por Maycon Felipe Mota Publicado em 14/05/19 18:11

Foi realizada hoje a aula inaugural do programa de Pós-graduação em ciências do movimento da UFMS. Alunos de graduação, alunos ingressantes, tecnicos e docentes celebram essa união entre fisioterapia e educação física em prol do desenvolvimento científico do estado. Esse é o único curso de mestrado na área 21 em MS. Felizes e orgulhosos, convidamos todos a conhecer o programa.

Fundesporte convida federação para apresentação do “Projeto Medalha”

Campo Grande (MS) - A Fundesporte convida as federações esportivas de Mato Grosso do Sul a conheceram o Projeto Medalha da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul.

por Fundesporte Publicado em 08/12/18 23:40

Campo Grande (MS) - A Fundesporte convida as federações esportivas de Mato Grosso do Sul a conheceram o Projeto Medalha da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. O encontro está marcado para às 16h, da próxima segunda-feira (23), no auditório da fundação. A professora Cristiane Coelho, da UFMS, responsável pelo projeto, explica aos representantes das entidades sobre a iniciativa de oferecer avaliações a atletas de alto rendimento, de forma gratuita. O estudo tem por finalidade conhecer o perfil dos atletas de ponta de MS, apontar pontos forte e fracos e ajudar na melhoria dos resultados e dos treinamentos. A avaliação é gratuita e a intenção da Fundesporte oferecer mais uma ferramenta para auxiliar no desempenho dos atletas de alto nível de Mato Grosso do Sul.